Blog da Siglia

- Transformar para Vencer -

Novos Artigos toda Sexta-Feira

Qual o preço que você paga pela autossabotagem?

Autossabotagem é um padrão sutil de autodepreciação progressiva de quem somos e do que queremos na vida. Mas qual o preço que pagamos por isso?

Falar sobre autossabotagem exige uma reflexão importante: imagine se depois de todo um trabalho de autodesenvolvimento em que você se conhece melhor, e começa a entender quem é (em resposta à pergunta: quem você pensa que é?), você então sente que "travou". 

E de repente começa a justificar todas as razões pelas quais não deve fazer aquela mudança tão esperada,  e a motivação transforma-se em estado de pânico e um misto de angústia com medo.

E começa aos poucos a não honrar aqueles pequenos compromissos que fez consigo, tipo: cuidar da saúde, dormir mais cedo, comer mais saudável, cuidar da sua energia, contatar aquela pessoa...

Continue Reading...

Quem você pensa que é?

Essa pergunta te deu uma sensação de arrogância? Mal-estar?

Pois é, no Brasil muitas vezes ainda se escuta esse tipo de frase (talvez até nós mesmos já falamos assim algum dia) e que é uma frase quase prima da frase: Com quem você pensa que está falando?

Mas se pensarmos bem, tirando o lado pejorativo do significado dessa pergunta na cultura brasileira, e esquecendo a parte que soa desconfortável, na verdade essa frase é bem profunda ... o quão profundo é dizer a alguém, a si próprio e ao mundo o que nós somos de verdade?

"Quem você pensa que é?" Essa é uma das perguntas mais difíceis e ao mesmo tempo engrandeceras que podemos nos fazer pois isso é o ponto de partida para nos acharmos ... e driblarmos a fantasia do dia a dia que busca nos fazer esquecer de nós mesmos e muitas vezes...

Continue Reading...

Fim de ano chegando: já realizou o que tinha se prometido no início do ano?

Um dos grandes desafios quando o fim do ano se aproxima é avaliar o que foi feito e se as metas definidas para o ano foram atingidas. Muitas vezes, o problema não é nem mesmo o objetivo realizado em si mas sim o significado que damos para a realização do que foi planejado.

Na verdade, tudo se complica quando atrelamos o nosso valor como pessoa, como profissional, ou seja, quando achamos que o nosso sucesso reflete a nossa identidade e portanto quem somos como pessoa.

Portanto, antes de qualquer avaliação sobre suas realizações (e o que falta realizar nos últimos dois meses do ano), tenha certeza que a sua identidade e o seu valor como ser humano não são relacionados ao que conseguiu (ou não) realizar.

Esse princípio é uma das bases para se criar um mindset (consciência, mentalidade) fundamentado em saúde mental e discernimento sobre o que realmente importa na vida,...

Continue Reading...
Close

50% Complete

Two Step

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua.